Agência Nacional do Cinema
Campanha O audiovisual brasileiro é o Brasil assistindo ao Brasil
Tamanho da letra
  • botão de diminuição de letra
  • botão para letra voltar ao tamanho normal
  • botão para aumento de letra
Translate traduzir ImprimirImprimir 06/06/2017 13:35

ANCINE anuncia novos projetos selecionados nas linhas de fluxo contínuo do Programa Brasil de Todas as Telas

Oito longas-metragens, um telefilme, uma proposta de programação e um núcleo criativo receberão R$ 23,8 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual

Preview
Ampliar

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram uma nova lista de projetos contemplados em sete chamadas públicas do Programa Brasil de Todas as Telas que funcionam no formato de fluxo contínuo. Os investimentos beneficiarão a produção de oito longas-metragens para as salas de cinema, uma proposta de programação e um telefilme a serem veiculados na TV por assinatura, além da renovação de um núcleo criativo de desenvolvimento de roteiros e projetos. O destaque da operação, que soma R$ 23,8 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual ficou com os projetos voltados à animação.

 

A animação se destaca com investimentos no novo projeto do cineasta Alê Abreu, diretor do premiado “O menino e o mundo” - o longa de animação "Viajantes do bosque encantado"; e no núcleo criativo "Anima Bahia", da produtora baiana Origem Comunicação, liderado por Ducca Rios. O núcleo garantiu sua renovação com uma proposta composta por uma carteira de projetos com cinco séries de animação para o público infantil e jovem adulto, contemplada pela Chamada Pública PRODAV 13/2016. Já "Viajantes do bosque encantado" foi selecionado na Chamada Pública PRODECINE 02/2016, na qual empresas distribuidoras submetem projetos de produção.

 

Pelo mesmo edital também garantiu investimento o drama "Jamais estive tão segura de mim mesma", com direção e roteiro de Monique Gardenberg. Outros três longas receberão investimentos da Chamada Pública PRODECINE 03/2016 para a fase de comercialização: as comédias "Doidas e santas", de Paulo Thiago; e "Altas expectativas", de Pedro Antônio Paes; e o documentário "Em 97 era assim", de Zeca Brito. Já os longas "Tristes Monroes - Em busca da felicidade", de Gabriel Abrantes; e Tudo por um popstar", de Claudio Bockel, asseguraram recursos para a complementação do orçamento por meio da Chamada Pública PRODECINE 04/2013. Completa a lista de longas-metragens a coprodução com a Colômbia e o Panamá "El Som de Eliécer (O tom de Eliécer)", de Joan Gomez, selecionada na Chamada Pública PRODECINE 06/2015, que disponibiliza recursos para projetos em coprodução com países latino-americanos nos quais o Brasil seja parte minoritária.

 

Para a televisão, a Chamada Pública PRODAV 01/2013 contemplou o telefilme documentário "Ouro para o bem do Brasil", de Chaim Litewski e Cleisson Vidal, a ser exibido pelo canal CineBrasilTV. A programadora também teve aprovada pela Chamada Pública PRODAV 02/2013 a sua proposta de programação "Reflexões da modernidade", na qual 21 projetos selecionados pelo canal receberão investimentos do FSA. A proposta é composta por 16 obras seriadas (11 séries documentais, 4 séries de ficção e uma série de animação) e 5 documentários para a TV.

 

Confira abaixo a ficha técnica dos novos projetos selecionados:

 

PRODAV 01/2013

 

"Ouro para o bem do Brasil" – telefilme documentário
Produtora: Terra Firme (SP)
Programadora: Cinebrasiltv

Direção: Chaim Litewski e Cleisson Vidal
Roteiro: Chaim Litewski

Valor investido pelo FSA: R$ 200 mil
Sinopse: O documentário abrange o contexto (crise econômica, corrupção, golpe militar) na qual surgiu a campanha "Dê ouro para o bem do Brasil", que conclama a população brasileira a doar joias e dinheiro para tirar o Brasil da falência. O filme aborda a articulação nos meios de comunicação e que fim levou a imensa fortuna arrecadada.

 

PRODAV 02/2016

 

Projeto: Proposta de Programação “Reflexões da modernidade”

Proponente: CineBrasil TV

Valor investido pelo FSA: R$ 14,9 milhões

Projetos selecionados que receberão investimentos do FSA: 5 telefilmes documentais, 11 séries documentais e 4 séries de ficção e 1 série de animação

 

 PRODAV 13/2016

"Anima Bahia" – Núcleo Criativo

Produtora: Origem Comunicação (BA)

Diretor do Núcleo: Ducca Rios
Valor investido pelo FSA: R$ 999,9 mil

Sinopse: Renovação do núcleo criativo. A carteira de projetos será formada por cinco projetos de animação 2D, sendo quatro séries voltadas para o público infantil e uma voltada para o adulto jovem, familiarizado com a Internet, que curte games e quadrinhos.

 

PRODECINE 02/2016

 

"Jamais estive tão segura de mim mesma" – Longa-metragem de ficção
Produtora: Dueto Produções e Publicidade Ltda. (RJ)
Distribuidora: Vitrine Filmes

Direção e Roteiro: Monique Gardenberg
Valor investido pelo FSA: R$ 2 milhões

Sinopse: Atraído para trabalhar como segurança em uma boate onde cantores se apresentam com repertório basicamente "brega", Irandhir, policial boa pinta aceita a proposta ao descobrir que Ângelo, a estrela principal da casa, vem a ser o ex-marido de sua mãe, Nádia, que se isolou do mundo quando este a deixou por conta de uma traição, perdendo a guarda da filha recém-nascida, Celeste.  Ao se dar conta que, passados trinta anos, Ângelo ainda ama sua mãe, Irandhir, fruto da traição de Nádia, se aproximará de Ângelo e tentará criar as condições para reaproximar os dois.  

 

"Viajantes do Bosque Encantado" – Longa-metragem de animação
Produtora: Buriti Filmes (SP)
Distribuidora: Vitrine Filmes

Direção e Roteiro: Alê Abreu

Valor investido pelo FSA: R$ 2,7 milhões

Sinopse: Claé e Bruô são crianças-bicho, agentes secretos dos reinos do Sol e da Lua, que são grandes inimigos. Perdidos no bosque, os dois descobrem que foram incumbidos da mesma missão secreta: encontrar e libertar os extraterrestres que chegaram no planeta em uma nave-estrela- cadente.

 

PRODECINE 03/2016

 

"Doidas e Santas" – longa-metragem de ficção
Produtora: Melodrama Produções (RJ)
Distribuidora: Imagem Filmes

Direção: Paulo Thiago

Roteiro: Regiana Antonini, Claudia Gomes e Pedro Antonio

Valor investido pelo FSA: R$ 500 mil

Sinopse: A história de uma mulher, profissional bem-sucedida que como todas nesta condição tem o desafio de viver um dia-a-dia cheio de atividades, conjugando o trabalho com os afazeres do cotidiano familiar e doméstico.

 

"Em 97 era assim" – Longa-metragem de documentário
Produtora: Panda Filmes (RS)
Distribuidora: Bretz

Direção: Zeca Brito
Roteiro: Léo Garcia

Valor investido pelo FSA: R$ 200 mil

Sinopse: No ano de 1997, quatro amigos iniciam um tempo de descobertas. Eles vivem o auge da adolescência e seus hormônios começam a falar mais alto. Sob o ponto de vista de Renato, um tímido garoto de 15 anos, somos levados para este universo. Junto aos amigos, Moreira, Alemão e Pilha, ele se depara com as primeiras dúvidas e anseios da juventude. E a principal delas é perder a virgindade.

 

"Altas expectativas" – longa-metragem de ficção
Produtora: Dois Moleques Produções (SP)
Programadora: Vitrine Filmes

Direção:  Pedro Antônio Paes
Roteiro: Álvaro José Alvim Carneiro de Campos

Valor investido pelo FSA: R$ 500 mil

Sinopse: Decinho, um tímido treinador de cavalos, se apaixona por Lena, uma belíssima mulher que não sabe rir. E para conquistá-la, Décio - que por acaso é um anão - estará disposto a tudo, inclusive se tornar um comediante.

 

PRODECINE 04/2013

 

"Tristes Monroes - Em busca da felicidade” – Longa-metragem de ficção
Produtora: Syndrome Films (RJ)
Distribuidora: Vitrine Filmes

Direção: Gabriel Abrantes
Roteiro: Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt

Valor investido pelo FSA: R$ 379,2 mil

Sinopse: Grande sátira às contradições inerentes aos atos de ajuda/caridade do Primeiro Mundo em face dos países e economias do Terceiro Mundo. O filme é recheado de críticas às estruturas políticas, econômicas e sociais do mundo contemporâneo, com vários exemplos desde a questão da idolatria a uma figura vazia, passando pela questão dos refugiados e culminando numa fictícia saída de Portugal da União Europeia.

 

"Tudo por um popstar" – Longa-metragem de ficção
Produtora: Panorâmica Comunicação (RJ)
Distribuidora: Downtown

Direção: Claudio Boeckel
Roteiro: Thalita Rebouças

Valor investido pelo FSA: R$ 1,1 milhões

Sinopse: Os Slavabody, os meninos mais gatos, famosos e maravilhosos da música pop nacional, e internacional vão tocar no Rio de Janeiro! E Manu, Gabi e Ritinha, de 16 anos e maiores fãs-fanáticas do grupo, vão fazer de tudo para conseguir assistir esse show. Mas elas moram em Resende e convencer seus pais não é tarefa fácil. Por isso contam com a ajuda da super prima mais velha, mega hiper blaster legal, Babete.

 

PRODECINE 06/2015

 

"El Som de Eliécer (O tom de Eliécer) " – Longa-metragem de ficção
Produtora: Persona Non Grata Pictures (SP)

Direção e Roteiro: Joan Gomez

Valor investido pelo FSA: R$ 250 mil

Sinopse: Coprodução com Colômbia e Panamá. Depois de 20 anos sem ver sua família, Eliezer, o sexagenário gaiteiro uma cidade costeira, recebe em sua porta duas surpresas: a notícia da morte de seu pai, e a missão de levar Esperanza, a meia-irmã de oito anos, até sua mãe, uma mulher que a abandonou recém-nascida para encontrar uma nova vida na capital.

Compartilhar
 

Formulário de busca

Plano de Diretrizes e Metas

  • Conselho Superior do Cinema

Mapa de Mostras e Festivais

Mapa de Complexos Cinematográficos

Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual

Dados e análises técnicas sobre o mercado audiovisual brasileiro
 

Fundo Setorial do Audiovisual

Fundo destinado ao desenvolvimento da cadeia produtiva do audiovisual
 

Cinema Perto de Você

O programa que está levando mais cinemas para mais brasileiros
 

Carta de Serviços

Informa a sociedade sobre os serviços prestados pela Agência
 
 
OIA
CACI
Acesso à Informação
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cultura - Governo Federal