Agência Nacional do Cinema
Campanha O audiovisual brasileiro é o Brasil assistindo ao Brasil
Ícone Fale Conosco Ícone Facebook Ícone Twitter Ícone You Tube Ícone Google + Ícone RSS    
Tamanho da letra
  • botão de diminuição de letra
  • botão para letra voltar ao tamanho normal
  • botão para aumento de letra
Translate traduzir ImprimirImprimir 07/12/2016 17:20

Linha de desenvolvimento de projetos do Programa Brasil de Todas as Telas tem mais sete propostas classificadas

Após análise de recursos, total de propostas submetidas à Comissão de Seleção do PRODAV 05/2015 aumentou para 162

Preview
Ampliar

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram hoje, 7 de dezembro,  a ata de julgamento dos recursos interpostos à fase de classificação das propostas inscritas na Chamada Pública PRODAV 05/2015 - Desenvolvimento de Projetos do Programa Brasil de Todas as Telas.

 

Essa chamada disponibiliza R$ 10 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), para o desenvolvimento de projetos de obras audiovisuais seriadas e não seriadas de longa-metragem e de formatos de obra audiovisual, brasileiros, de produção independente, destinados aos segmentos de TV aberta e por assinatura, salas de exibição e vídeo por demanda.

 

A ata traz o resultado da análise dos 161 recursos apresentados ao resultado preliminar das propostas indicadas para avaliação da Comissão de Seleção. Os proponentes podem acessar os relatórios de análise de seus recursos no Sistema FSA, mediante login.

 

Por conta das alterações nas notas provocadas pelo provimento de parte dos recursos, sete propostas passaram a ter pontuação suficiente para envio à Comissão de Seleção e seguirão para a etapa de decisão de investimento. Considerando as propostas que já haviam sido aprovadas quando da divulgação do resultado preliminar, a Comissão de Seleção do PRODAV 05/2015 analisará um total de 162 propostas, tendo como meta o investimento no desenvolvimento de 70 projetos.

 

Saiba mais sobre o Programa Brasil de Todas as Telas

 

O Programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, foi moldado para atuar na expansão do mercado e na universalização do acesso às obras audiovisuais brasileiras. Trata-se de uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. Foi formulado pela ANCINE em parceria com o MinC, e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA.


Os resultados do Programa vêm superando as metas estabelecidas. Até junho deste ano, foram 437 longas-metragens e 453 séries ou telefilmes apoiados. A aposta no investimento em desenvolvimento de projetos também foi bem-sucedida, rendendo a estruturação de 69 núcleos criativos em todas as regiões do país, e garantindo o desenvolvimento de 700 novos projetos de obras audiovisuais.


Em seu terceiro ano, o Programa Brasil de Todas as Telas garante a continuidade de uma política pública vigorosa para o audiovisual brasileiro. Para dar previsibilidade às suas ações de investimento, a ANCINE disponibilizou o Calendário de Financiamento para o biênio 2016/2017, que traz as datas previstas para a abertura e divulgação de resultados das chamadas públicas do Programa.

 

Formulário de busca

Plano de Diretrizes e Metas

Mapa de Mostras e Festivais

Mapa de Complexos Cinematográficos

Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual

Dados e análises técnicas sobre o mercado audiovisual brasileiro
 

Fundo Setorial do Audiovisual

Fundo destinado ao desenvolvimento da cadeia produtiva do audiovisual
 

Cinema Perto de Você

O programa que está levando mais cinemas para mais brasileiros
 

Carta de Serviços

Informa a sociedade sobre os serviços prestados pela Agência
 
 
OIA
CACI
Acesso à Informação
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cultura - Governo Federal